Curta e Siga


Exercício Físico para a Fibromialgia





Olá! Tudo bem? Sou a Dani e esse post fala sobre Exercício Físico para a Fibromialgia.




A fibromialgia é uma condição neurológica crônica que causa dor generalizada em todo o corpo, além de aumentar a sensibilidade à dor. Uma vez que o desconforto causado pela doença se mantém por vários meses e, até, anos, pessoas que sofrem com fibromialgia também têm maior tendência para apresentar cansaço excessivo, problemas de sono e transtornos psicológicos.

O exercício físico é certamente uma das modalidades terapêuticas mais eficazes para o tratamento da fibromialgia. Quando realizados regularmente, melhoram a sensação de dor, melhoram o tônus muscular e os distúrbios do sono, devido à liberação de substâncias, em especial as endorfinas, que agem diretamente no sistema nervoso central (SNC), promovendo sensação de conforto e bem estar, entre outros.

Os exercícios devem ter início leve e a intensidade aumentada gradativamente. Eles devem ser bem planejados para que sejam bem tolerados desde o início, e para que o paciente mantenha a aderência durante a fisioterapia e não desista.

Os melhores exercícios são os da cinesioterapia, o qual compreende dois grandes objetivos da fisioterapia no tratamento da fibromialgia como o de exercitar os músculos doloridos com exercícios de alongamento e melhorar as condições cardiovasculares com exercícios aeróbicos. Os exercícios físicos de baixa intensidade são considerados mais eficazes na diminuição do impacto da síndrome e na qualidade de vida em paciente com fibromialgia.

Condicionamento cardiorrespiratório

Estudos realizados demonstram que os exercícios aeróbicos, também chamados de condicionamento cardiorrespiratório têm um importante papel no tratamento, pois estimulam a liberação de neurotransmissores relacionados ao humor como a serotonina e a norepinefrina.

Alongamento muscular

Os exercícios de alongamento muscular na fibromialgia permite a recuperação do comprimento muscular funcional, possibilitando alívio de tensões, realinhamento da postura e melhora na amplitude, além de liberdade e consciência de movimento. Porém, embora bastante empregados na rotina clínica fisioterapêutica, por serem de fácil execução e tolerabilidade, parece não existir um consenso sobre o tipo, a frequência e a intensidade de alongamentos mais adequados para o tratamento de pacientes com FM.

Fortalecimento muscular

Os exercícios de fortalecimento são importantes para promover ganho de força e resistência muscular aos portadores de fibromialgia, auxiliando na diminuição da dor e da sensação de fadiga. Entretanto, fique atento à escolha do repertório de exercícios.

É importante evitar que o seu aluno sinta dor muscular pós exercício. Nesse caso, evite exercícios excêntricos e mudanças muito bruscas nos estímulos dados. Lembre-se sempre que seu aluno já convive com dor constante e não será benéfico que sinta dores relacionadas ao exercício também.

Espero que você tenha gostado da nossa abordagem.

Se você for profissional da saúde, conheça a página que a Quero Conteúdo oferece com materiais gratuitos. Clique aqui .
Você também pode ter informações sobre Cursos Online para Profissionais da Saúde clicando aqui!

Se você quiser receber notícias sobre saúde em geral, entre nos grupos do Whatsapp e no grupo do Telegram.

Deixe seu comentário:

Nenhum comentário